Aniversário - 464 anos de São Paulo 

 mais fotos:  


A capital paulista completou 464 anos nesta quinta-feira, 25 de janeiro. A data foi escolhida para a comemoração por ser o dia da fundação, em 1554, do Colégio dos Jesuítas, no Páteo do Colégio. Já o nome São Paulo foi escolhido  pelos Jesuítas porque naquela data se comemorava a conversão ao cristianismo do apóstolo Paulo. Aniversário com direito a diversos shows e até manifestações em plena Catedral da Sé contra o aumento nas tarifas de ônibus na cidade. Coisas de Sampa.

Para quem mora aqui e trabalha em São Paulo, beleza, feriadão prolongado para muitos. Oportunidade para viajar ou até para curtir mais a nossa região. Para quem mora e trabalha aqui, dia normal de labor, mas com algumas vantagens: menos trânsito na Raposo e a Capital um pouco mais vazia no final de semana, ou seja, boa hora para curtir seus pontos turísticos, seus museus, teatros, casas de espetáculo e muito mais.

Em meados do século XX, São Paulo começou a se consolidar como potência nacional, graças ao boom financeiro e demográfico da região  decorrente do cultivo do café, uma das principais molas propulsoras da economia na época. Caminhar por São Paulo e visitar seus pontos turísticos é uma maneira de aprender sobre a história do povo paulista e também de vivenciar um pouco a cultura e a história local. Listamos abaixo alguns de seus principais pontos turísticos, mas há muito mais para visitar e conhecer. 

Um passeio pela Estação Júlio Prestes é uma aula de arquitetura neoclássica e permite compreender um pouco a importância dos trilhos no desenvolvimento do Estado de São Paulo, sendo a estação um importante ponto de recepção e distribuição do café, então nossa maior riqueza.

A influência religiosa e dos portugueses desde os tempos da colônia pode ser percebida em diferentes pontos da capital paulista, como por exemplo em igrejas icônicas e mosteiros, assim como nos movimentados Largo São Bento, Pateo do Colégio e Praça da Sé.

Uma visita ao Palácio dos Bandeirantes rende um grande conhecimento sobre a formação do Estado e sobre a história dos Governadores, além de ser possível ver obras clássicas, inclusive do escultor Victor Brecheret, influente na capital.

Por outro lado, uma caminhada na Avenida Paulista pode apresentar toda a pluralidade de São Paulo, com pessoas de todos os cantos do país e do mundo e diferentes manifestações artísticas disponíveis.

Pateo do Collegio

O complexo histórico-cultural-religioso Pateo do Collegio pertence à Companhia de Jesus, ordem religiosa dos jesuítas . Em meio aos arranha-céus do centro da capital paulista, o Pateo do Collegio, berço dessa que se tornou uma das maiores metrópoles do mundo, foi o local onde nasceu a cidade. Em 1554, o Padre Anchieta, após expedição que partiu do litoral, resolveu construir uma dependência para servir de alojamento e colégio para catequização dos índios, fundando assim a cidade de São Paulo. Funciona no local o Museu de Anchieta. 

Largo Pateo do Collegio
Centro, São Paulo – SP, CEP 01016-040
https://www.pateodocollegio.com.br/

Palácio dos Bandeirantes

A sede do Governo Paulista começou a ser construída em 1955 para abrigar a Universidade "Fundação Conde Francisco Matarazzo", mas a obra foi interrompida e o Governo do Estado a assumiu. Em 19 de abril de 1964, a sede do governo passou de Campos Elíseos para o Morumbi, onde o palácio ganhou a denominação "Bandeirantes" em homenagem aos pioneiros que expandiram as fronteiras brasileiras. O Palácio dos Bandeirantes possui acervo, com obras de artistas como Portinari, Antonio Henrique, Djanira Motta e Silva, Aldemir Martins, entre outros. Diversas obras podem ser vistas em exposições no local, que conta ainda com o Salão dos Pratos e a Galeria Governadores.
Av. Morumbi, 4.500 – Portão 2
Morumbi – São Paulo – SP – CEP 05650-905
Fone: (11) 2193-8000

Praça da Sé

A Praça da Sé é o centro geográfico da capital paulista. No local está o Marco Zero e é partir dele que são medidas as distâncias das rodovias e divisas estaduais, assim como a numeração das vias públicas da cidade. Junto à praça está situada a Catedral Metropolitana da Sé. Em estilo gótico modificado, sua construção iniciou-se em 1913. É a maior igreja de São Paulo, com capacidade para oito mil pessoas em seus 110m de comprimento, 46m de largura, além de torres com 92m e cúpula com 30m de altura. Em sua cripta encontram-se obras do escultor Francisco Leopoldo.
Praça da Sé, s/nº
Sé – Centro – São Paulo – SP

Estação Júlio Prestes

Inaugurada em 1938, a Estação Júlio Prestes é uma histórica estação ferroviária da capital paulista. O nome é uma homenagem ao ex-presidente do Brasil e governador do Estado de São Paulo, Júlio Prestes de Albuquerque. Atualmente, a estação faz parte da linha 8 diamante da CPTM e ainda abriga a sede da Secretaria de Cultura de São Paulo e, desde 1999, a Sala São Paulo, casa de concertos da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp)
Praça Júlio Prestes – s/nº
Luz – Centro – São Paulo – SP
Tel: (11) 3367-9500.

Largo São Bento

Largo São Bento, no centro da cidade de São Paulo, nasceu em 1598, onde se erguia uma pequena capela. Em 1660, o Largo já tinha se expandido e a Igreja Católica solicitou a construção de um mosteiro. Ele tem um calçadão para caminhadas, bancos, jardins e um chafariz projetado pelo arquiteto francês Fourchon, em 1864. No centro do Largo há o Mosteiro de São Bento, que atrai visitantes pela história e curiosidades. Circulam por lá cerca de 80 mil pessoas todos os dias. Abaixo do Largo há a estação de metrô São Bento, inaugurada em 1975.
Largo São Bento, s/nº
Centro – São Paulo – SP (próximo ao metrô São Bento)

Avenida Paulista

A Avenida Paulista é um símbolo da cidade de São Paulo e, além da vocação para negócios e da famosa ciclovia, apresenta-se como um de seus principais expoentes culturais. Teatros, cinemas, museus e centros culturais e de compras estão sempre movimentados, assim como feiras artesanais e apresentações de artistas de rua. Destacam-se em sua extensão o Museu de Artes e São Paulo - MASP, a Casa das Rosas, o Parque Trianon, remanescente da Mata Atlântica nativa da cidade, e o Parque Prefeito Mario Covas. Aos domingos a Paulista é aberta aos pedestres e reúne atividades culturais e de lazer.
Avenida Paulista
Bela Vista – São Paulo – SP

Fonte:
http://www.saopaulo.sp.gov.br/



25/01/2018


Procure também por:

> pontos turísticos
> São Paulo
> aniversário

<< voltar

  • Comentários (0)
  • Comente aqui
  • Indicar para amigo(a)
  • Imprimir
Nenhum comentário.

Preencha os campos abaixo:

Nome:
E-mail:  Exibir e-mail
Título:
Comentário: 
Seu comentário sobre essa matéria, será avaliado
e publicado no prazo máximo de 48 horas.
EVI   

Indique esta notícia a um(a) Amigo(a):

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome Amigo(a):
E-mail Amigo(a): 

newsletteranuncie

Receba nosso informativo semanal